Governo do Estado e Sindifisco discutem melhorias para a categoria

9 de dezembro de 2019 - 17:27

Questões como adequações de condições de trabalho dos auditores fiscais, aumento da arrecadação estadual, plano de carreira e subsídios, reposição salarial entre outros, foram abordados

O vice-governador e secretário de Estado da Casa Civil, Belivaldo Chagas, recebeu a diretoria do Sindicato do Fisco do Estado de Sergipe (Sindifisco) para uma audiência na manhã desta quarta-feira, 08. O encontro ocorreu no Palácio dos Despachos, na capital, e contou com a participação também do secretário de Estado da Fazenda, Jeferson Passos, e da Comunicação Social José Sales Neto. Na pauta, a discussão dos pleitos da categoria.
Questões como adequações de condições de trabalho dos auditores fiscais, aumento da arrecadação estadual, plano de carreira e subsídios, reposição salarial entre outros, foram abordados. Todas as questões foram pontuadas pelo secretário da Fazenda e por Belivaldo Chagas. O vice-governador garantiu que é do interesse do Governo manter o diálogo com o sindicato, que as questões apresentadas serão avaliadas e que até o final da próxima semana será apresentado um posicionamento definitivo do Estado.
“O governo está preocupado com a arrecadação fiscal, com as propostas que foram apresentadas e serão discutidas, pois o fortalecimento da Secretaria da Fazenda como um todo é importante para o Estado. Nós hoje passamos por dificuldades financeiras e se esta arrecadação aumentar vai impactar positivamente para melhorarmos as nossas políticas sociais”, destacou Belivaldo Chagas.
O secretário da Fazenda ressaltou que alguns pontos trazidos pela diretoria já vinham sendo trabalhados pela gestão estadual. “Como, por exemplo, o aumento da arrecadação. Foi facultado ao Sindicato, caso ele tenha alguma sugestão nesse contexto, que ele apresente, mas o governo já tem um projeto em curso já implementado com inovações tecnológicas de legislação que buscam melhorar a eficácia da arrecadação. E foram trazidas também pautas especificas do sindicato, como a alteração na lei que rege a categoria, a lei complementar 67, a questão de reposição salarial e nestes aspectos o governo explicitou que precisa aguardar o fechamento do primeiro quadrimestre do ano para que a gente possa ter uma posição quanto às possibilidades em relação ao atendimento do pleito”, resumiu Jeferson Passos.
O presidente do Sindifisco Paulo Pedrosa e o vice-presidente Abílio Castanheira conduziram a apresentação das reivindicações. Na avaliação de Pedrosa foi uma reunião bem produtiva. “Como primeira discussão mais efetiva com o governo foi um bom momento. Conseguimos expor as nossas principais preocupações, apesar de não ter já resolução para as principais delas, como a questão da multa, da própria reposição inflacionária, mas como primeiro momento, achei que foi extremamente produtivo.

Colocamos as posições, esperávamos já ter alguns indicativos mais claros, mas fiou acertado alguns compromissos a curto prazo onde o Governo irá tentar nos responder mais concretamente. Foi uma boa reunião”, afirmou o presidente.


SEAD - Secretaria de Estado da Administração
Rua Duque de Caxias, 346 - São José - CEP: 49015-320 - Aracaju - SE
Tel: (0xx79)3226-2200 - Fax:(0xx79)3214-0306
Atualizado em: 05/12/2021 12:20:08pm
Horário de Atendimento: 07h às 13h