Mais de 102 mil pessoas se inscreveram no concurso Seed/Sead

9 de dezembro de 2019 - 18:03

Mais de 102 mil pessoas se inscreveram para o concurso da Secretaria de Estado da Administração (Sead). Até o momento, foram confirmadas as inscrições de 102.323 pessoas, que vão concorrer às 3.437 vagas, sendo três mil vagas para motorista, merendeira, vigilante, executor de serviços básicos e oficial administrativo destinadas à Secretaria de Estado da Educação (SEED) e 437 para oficial administrativo da Sead. Este é o maior número de inscritos para um concurso público em Sergipe e pode aumentar. A Fundação Euclides da Cunha (FEC), que está realizando o concurso, ainda está computando as últimas inscrições.

“No concurso revogado foram aproximadamente 68 mil. Portanto, contabilizamos aproximadamente 35 mil novos inscritos, o que indica que as pessoas confiam na seriedade do novo certame e nos critérios de realização das provas”, afirmou o secretário de Administração Jorge Alberto.

O Governo do Estado está abrindo vagas para estes cargos depois de mais de 20 anos. A estudante universitária Regina Coelho de Oliveira é uma das candidatas e está inscrita para concorrer ao cargo de oficial administrativo da Sead, no município de Aracaju. “Com tanto desemprego, o concurso é sempre uma alternativa segura. Quero a estabilidade de ser concursada e a garantia de ter um salário certo todos os meses. Isso dá tranqüilidade”.

 

O estudante Rafael Reis Ferreira não pensou duas vezes e se inscreveu para as duas secretarias. “Eu já estava inscrito no concurso da Secretaria de Educação, quando surgiu o concurso da Administração, com data diferente. Aproveitei e me inscrevi também. Esta é uma forma de ter mais chance. O valor da inscrição é um investimento que vale a pena”, afirmou.

 

 

Medidas de segurança

Faltando pouco mais de 10 dias para o início das avaliações, a Fundação Euclides da Cunha (FEC) e a comissão de organização do concurso estão com tudo pronto para a realização das provas. Para garantir o sucesso e a eficiência do certame, a FEC adota medidas de segurança, como o uso do gabarito diferenciado, a coleta digital eletrônica, detectores de metais, além de questões inéditas nunca utilizadas em outros concursos públicos.

“Com o gabarito diferenciado, qualquer tipo de cola, até mesmo a eletrônica, fica restrita. A prova é a mesma para todos, mas o gabarito é diferente. Ou seja, não adianta olhar para o lado porque a ordem das questões será diferenciada”, explicou o coordenador da Fundação Euclides da Cunha, Silvio Lutz.

Uma das novidades é que, nesse concurso, as digitais dos candidatos serão coletadas eletronicamente. “Dessa forma, nós temos como saber se a pessoa que está fazendo a prova é a mesma que se inscreveu. Sem contar que o indivíduo não poderá portar nenhum tipo de equipamento eletrônico. Os aparelhos serão rastreados por meio de detectores de metais. Já os celulares serão guardados dentro de um saquinho com lacre. Todos os participantes que estiverem com o celular receberão esse saquinho”, informou o coordenador.

As provas foram revisadas por uma banca de professores da própria Universidade Federal Fluminense (UFF). Os malotes das provas, devidamente lacrados, só serão enviados para os locais de realização do concurso nos dias da avaliação. “Isso vale tanto para a capital quanto para o interior”, disse Silvio Lutz. “Os pacotes só serão abertos dentro das escolas e na presença de testemunhas, entre elas dois candidatos escolhidos aleatoriamente, para que eles confirmem que o número que está dentro do pacote é o mesmo que está no lacre”, ressaltou o coordenador, ao acrescentar que essa é mais uma medida de segurança.

“A Secretaria de Administração solicitou o apoio da Secretaria de Segurança Pública para a realização do certame e o secretário Kércio Pinto vem dando todo o apoio. Serão disponibilizados homens da SSP para garantir a guarda e escolta das provas, a segurança do pessoal de apoio e a ordem nas escolas”, disse o secretário Jorge Alberto.

Orientação aos candidatos

Os candidatos que não receberem o cartão de identificação pelo Correios devem confirmar o seu local de prova no posto de atendimento localizado no prédio do Ministério da Fazenda, na Praça Fausto Cardoso, ou por meio do sítio da Fundação Euclides da Cunha (www.concursofec.uff.br). No interior, as informações podem ser adquiridas nas próprias Diretorias Regionais (DR’s). “Cada diretoria regional tem um relatório com local de prova por ordem alfabética. Mas o candidato deve se dirigir somente até a diretoria para a qual se inscreveu”, esclareceu Silvio Lutz.

Os concorrentes não farão as provas fora do local de inscrição. Além disso, eles terão que levar o documento original de identificação – carteira de identidade, carteira de habilitação ou qualquer outro documento com foto recente – e  caneta esferográfica azul ou preta.

O coordenador da Fundação solicita aos donos de empresas de transportes que mantenham nos dias das provas – 30 de setembro e 7 de outubro – veículos suficientes para atender à demanda. “A gente pede a compreensão e a cooperação deles para que disponibilizem mais veículos. Da mesma forma como funcionam nos dias normais, durante a semana”, reforçou Silvio Lutz.


SEAD - Secretaria de Estado da Administração
Rua Duque de Caxias, 346 - São José - CEP: 49015-320 - Aracaju - SE
Tel: (0xx79)3226-2200 - Fax:(0xx79)3214-0306
Atualizado em: 08/12/2022 11:23:54am
Horário de Atendimento: 07h às 13h